Blog Concisa Imóveis

Imobiliária em Itapema

Alargamento da Faixa de Areia em Balneário Camboriú

Alargamento da Faixa de Areia em Balnerio CamboriOs impactos do aumento da faixa de areia em Balneário Camboriú

Uma obra que há tempos é muito discutida, finalmente podemos ver os primeiros sinais de como ficará o aumento de faixa de área em Balneário Camboriú, na Praia Central. Essa enorme obra teve algumas aprovações muito importantes das secretarias e departamentos ligados a questão ambiental recentemente.

O objetivo da obra é oferecer aos moradores e turistas um espaço muito maior para seu descanso, passando dos 25 metros atuais de faixa de areia para 75 metros, triplicando a área.

Como uma das cidades turísticas mais procuradas pelos turistas que procuram uma vista linda do mar junto com a calma de uma cidade pequena, Balneário Camboriú sempre atraiu muitos turistas, em todas as épocas do ano.
Essa frequência de turistas o ano todo sempre demandou mais espaço em suas praias ao longo dos anos.

Os dados da obra

A obra, que é aguardada por muitos, irá resultar em um espaço maior para o conforto dos turistas. A expansão, que será feita nas areias da praia central, terá uma extensão de 6 quilômetros.

Mesmo contando com a desconfiança de muitos moradores e especialistas da região num primeiro momento, é importante citar que a obra já está sendo executada. Se você mora na região ou pretende visitar esse importante cartão postal em breve, não deixe de ler todo esse artigo.

A importância da Praia Central para Balneário Camboriú

Uma das cidades praieiras mais procuradas do Brasil, Balneário Camboriú chega a receber mais de um milhão de turistas por ano, sendo 800 mil somente no verão. Todo esse movimentado turismo sempre é acompanhado de muito consumo nos estabelecimentos, por isso a expansão da faixa de areia é aguardada por muitos empresários.
Mesmo com algumas praias nos extremos da cidade que encantam pelo charme próprio, nenhuma outra praia de Balneário Camboriú é mais visitada do que a praia central. Marcada pelas águas calmas e sempre limpas, há uma verdadeira disputa nos finais de semana por um pedacinho de areia.

Importante citar que Balneário Camboriú vem, ao contrário de outras cidades costeiras do Brasil, tendo um número maior de turistas, ano após ano. Esse crescimento dos visitantes ajudou a impulsionar ainda mais os planos de expansão da faixa de areia.

Além desse aumento na procura, o efeito da ressaca do mar, que diminui a cada ano um pouco da faixa de areia, deixou ainda mais inevitável a obra de expansão. Esse efeito da natureza é impossível de ser controlado, mas a finalização da obra trará um alivio para os banhistas, que terão mais espaço para aproveitar o clima maravilhoso da região. Estima-se que o nível do mar suba até 50 cm no próximo século, o que traz um cenário mais preocupante para quem vive do turismo na região.

Essa obra também irá refletir na opinião dos turistas que visitam a região. Trazendo mais conforto para os visitantes, consequentemente se espera um aumento ainda maior no número de turistas para a região.

O projeto, que foi idealizado em 2017, já está saindo do papel, e recentemente contou com o parecer positivo dos órgãos de proteção ambiental, que reconheceram que serão mínimos os efeitos para o meio ambiente da região.
Importante citar que nenhuma obra desse tamanho seria possível se qualquer dano fosse causado ao meio ambiente. Considerando apenas como positivos os efeitos para os moradores e comerciantes, a obra acabou ganhando mais alguns entusiastas após essas publicações positivas dos órgãos ambientais.

Mas quanto custará toda essa obra?

Como uma obra de proporções enormes, o valor estimado da época foi primeiro orçado em R$ 70 milhões. Com o aumento causado pela inflação do mercado, houve um reajuste para cima dos valores, mas com uma boa negociação, a obra acabou sendo contratada por R$ 66,8 milhões de reais.

Um valor considerável desse montante será alcançado através de um empréstimo do Banco do Brasil, que abriu uma linha de crédito exclusiva para a prefeitura da cidade. Espera-se um acréscimo nesse valor durante o tempo de sua execução, o que é comum para todas as obras dessa dimensão.

Mas mesmo com esses gastos altos, a obra é inevitável para que a região continue atraindo um número sempre crescente de turistas. A diminuição da faixa de areia pela ressaca do mar e a necessidade maior de um espaço próprio, devido também a pandemia, fizeram dessa obra uma das mais importantes do estado.

Essa obra visa também trazer os holofotes para a cidade, que tem como objetivo se tornar uma das cidades turísticas mais procuradas no Brasil para os momentos de lazer e descanso.

Saiba mais sobre o projeto de expansão

Essa obra já há muitos anos é discutida entre os administradores e comerciantes da região. A recuperação da faixa de areia passa também a imagem de cidade que está sempre procurando trazer o melhor para seus turistas.

Triplicando a largura da faixa de areia, de 25 metros para 75 metros, também será mais difícil as ondas atingirem as calçadas da praia, o que pode ser considerado um evento legal para alguns turistas, mas também pode assustar quando as ondas estão muito agressivas.

A expansão da faixa de areia também irá aumentar o espaço disponível para o trabalho dos comerciantes e gestores da cidade, que poderão implementar uma melhoria na infraestrutura de toda cidade.

Toda essa grande obra depende acima de tudo do bom uso do dinheiro público, que deve respeitar os prazos e valores estimados no primeiro cronograma. Como uma obra de grande impacto, ela só teve seu início após muitas analises de diversos profissionais na área.

A obra contou com o aval positivo não só de empresas de consultoria nacionais, mas também internacionais, que fizeram uma série de estudos na região, de toda sua fauna e flora. Os aspectos hidrológicos ganharam uma atenção especial nos estudos, devido a importância do escoamento de água da região.

Somente com o aval unanime de todas as empresas e profissionais consultados os aspectos financeiros começaram a ser levantados. Os números do projeto também assustam: Além do grande valor investido, o acréscimo de areia na região pode chegar a incríveis 2,16 milhões de metros cúbicos.

Mas para que não afete a ecologia do local, será preciso utilizar apenas o mesmo tipo de areia nativa da região. Após alguns estudos, foi escolhida uma jazida localizada próxima a Balneário Camboriú para fazer a retirada.

Como haverá uma transposição de areia imensa, será construída uma draga para o escoamento de toda areia prevista. Se fosse utilizada uma areia de outra granulometria, muitos buracos seriam abertos em toda a extensão da praia, o que causaria um problema para todos os turistas.

Tempo total de obra

Mesmo se tratando de uma obra de grandes dimensões, o tempo total do projeto deve ser de apenas 9 meses, seguindo todas as preocupações apontadas pelos profissionais responsáveis. Considerando os possíveis atrasos na obra, foi colocado ainda um prazo de três meses de garantia no contrato.

Segundo o cronograma, os primeiros meses serão usados apenas para a realização do aterro, que corresponde a grande parte da obra. A parte da obra mais visível, que será a real extensão da faixa de areia, será feita apenas nos meses finais da obra.

Por se tratar de um grande evento, muitos comerciantes e moradores esperam muito transtorno na cidade, mas para evitar que haja grandes mudanças nas vidas dos moradores, a obra foi programada para ser executada em etapas.

Para evitar que a praia fique interditada ou que comprometa a experiência dos turistas, está previsto uma extensão da faixa de areia por etapa. Para essa importante missão, será criada um canteiro móvel de obras, que irá percorrer toda a extensão da obra.

Em todas as etapas, foram previstas ações que visam a segurança dos turistas, moradores, e também de toda a natureza presente na faixa de areia, incluindo a vida marinha e costeira. Uma importante notícia para todos é a rápida utilização da área expandida. Assim que a expansão de uma etapa for concluída, ela será já disponibilizada para os turistas.

Data de começo da obra

Como marco zero da execução, foram instalados os primeiros alicerces do canteiro no dia 9 de março de 2021. No local, foram marcados os locais que ficarão os encanamentos utilizados durante todo o projeto.

No total, serão utilizados 333 tubos, que quando ligados, formaram o elo entre a praia e draga, que será responsável pela movimentação dos recursos. Em cada etapa do projeto, mil e quinhentos metros serão expandidos.

Também é importante notar a valorização esperada nos imóveis da cidade. Com o término da obra, os especialistas da região esperam uma valorização de até 20% nos imóveis, principalmente nos imóveis que estão mais próximos a praia central.

A expansão também será acompanhada de novos projetos da prefeitura para a tão esperada revitalização da orla da Praia Central. Como forma de melhorar ainda mais a experiência dos turistas e dos moradores, a prefeitura hoje planeja a colocação de diversos equipamentos esportivos na praia Central.

A questão das licenças

Como já dito anteriormente, todas as licenças ambientais requeridas para a iniciação da obra já foram emitidas, e foram muito comemoradas pelos responsáveis. Em 18 de dezembro de 2020, em uma cerimônia muito importante, foi emitida a Licença Ambiental de Instalação, que contou com a aprovação do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina.

A licença só foi emitida graças a formação de um consórcio próprio para a obra, denominada DTA - JAN DE NUL-BALTT, que conseguiu ainda uma boa economia para a prefeitura. A obra, que chegou a ter como valor de referência R$ 85 milhões de reais, acabou sendo orçada no final em R$ 66,8 milhões, graças a concorrência e trabalho realizado pela responsável gestão do projeto.

Muito comemorada pelos moradores mais antigos, a obra trará uma nova imagem para a região, que há muito tempo vem sofrendo com a super lotação e cada vez menos faixa de areia para ser usada pelos turistas.
Espera-se que essa seja apenas a primeira de muitas obras na região, que deverá receber ainda muitos equipamentos públicos sinalizados pela prefeitura.

A finalização da obra trará um espaço de convívio muito maior para os turistas, o que irá ser muito apreciados pelos turistas, que estão a todo ano crescendo na região. A faixa de área da praia central terá no final uma largura três vezes maior que a atual, trazendo assim uma experiência muito mais positiva por todos.


LEIA MAIS
BC Big Wheel - 2.º Maior Roda Gigante da América do Sul em Balneário Camboriú
Oceanic Aquarium, o maior aquário do sul do Brasil em Balneário Camboriú.






 


balneario camboriu, alargamento faixa de areia, praia bc, alargamento areia bc

Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Ao navegar neste site, você concorda com a nossa Política de Cookies.

CUB
Junho / 2021
Variação do Mês:2,29 %
Índice (R$/m²):2.253,79
INCC
Junho / 2021
Variação do Mês:1,80%
Acumulada 12 meses:14,62%

PREVISÃO DO TEMPO

Hoje

Min. 12º C

Máx. 20º C

Segunda

Min. 12º C

Máx. 21º C

Terça

Min. 14º C

Máx. 21º C

Itapema
CRECI: 3657-J
ENDEREÇO
Rua 258, nº 501
Esquina 3ª Avenida - Sala 03
CEP: 88220-000
Meia Praia , Itapema - SC
 VER MAPA
TELEFONE
 (47) 3514-0042

E-MAIL
 contatoconcisa@gmail.com